Home/ Áreas de Trabalho/ Acesso a primeira oportunidade de emprego (Setor Público)

Acesso à primeira oportunidade de emprego (Sector Público)

Trabalhamos em coordenação com o Governo, para que as iniciativas de protecção social de trabalhos públicos no país tenham lentes de género e possam beneficiar mais jovens, com habilidades técnicas e uma experiência profissional. Essa abordagem tem como ênfase criar oportunidades para a primeira experiência laboral de jovens em actividades do sector público, de forma a contribuir com iniciativas sociais, enquanto ganham novas habilidades, novos conhecimentos técnicos e, principalmente, uma experiência profissional remunerada que abre portas para novos horizontes na vida dos e das jovens.

MUVA Assistentes

DURAÇÃO > 1 Mês
Próximo CURSO > 22 / 10 / 2022

Este projecto, em parceria com o INAS e o MGCAS, proporciona a primeira experiência de trabalho remunerado, orienta profissionalmente e provê mentoria para a vida de jovens com 12ª classe concluída, em situação de desemprego e fora da escola, em zonas urbanas de Moçambique.

Os e as jovens são inseridos como assistentes de professores(as), em escolas primárias públicas, em salas de aula superlotadas. São treinados(as) por 1 mês pelo IFP – Instituto de Formação de Professores e, durante toda a sua experiência profissional como assistentes escolares, frequentam sessões de mentoria e orientação profissional, como forma de ampliar seus horizontes para a empregabilidade.

Além de oferecer uma oportunidade profissional, a presença dos e das assistentes escolares em salas de aula permite que as crianças, especialmente aquelas com dificuldades de aprendizagem, recebam maior atenção e que os professores tenham uma ajuda adicional.

MUVA Green

DURAÇÃO > 4 Meses
Próximo CURSO > 22 / 10 / 2022

Esta iniciativa focaliza-se na criação de oportunidades de emprego para jovens mulheres, na área de construção civil e na reabilitação de espaços verdes em zonas periurbanas. Concretizámos a reabilitação de 3 espaços públicos e treinámos jovens mulheres do bairro do Chamanculo em Maputo, durante 4 meses.

As jovens mulheres são incluídas em áreas de trabalho maioritariamente ocupadas por homens, dessa forma, acrescentamos à formação técnica, sessões de mentoria, com foco na auto-estima dentro e fora da obra. Essa componente, aliada ao aprendizado técnico e à oportunidade de emprego, foram fundamentais para o empoderamento e para a inserção laboral das jovens.